O que mudou na pandemia?

Todos nós sabemos que, de uma forma ou de outra, direta ou indiretamente, fomos afetados pela pandemia que além de seifar milhões de vida em todo planeta,  de um para outro, mudou todo nosso estilo de vida.

Na área da Educação não foi diferente. Além de enfrentar a falta de contato de muitos professores  e alunos com recursos tecnológicos, mundo digital, milhares de desempregados resolvou usar de alguma forma seus conhecimentos para entrar na área de Educação como professores de diversas matérias para trabalhos online. 

A Internet nunca foi tão importante quanto neste período de solitude para alguns e solidão para outros. Cursos virtuais, home office, comida por aplicativo, tudo à mão e entramos no sedentarismo absoluto.

Hoje não é incomum pegar um Uber e ver no seu perfil “piloto de helicoptero”, “ex-empresário”, “comissário de bordo”, “arquiteto”, “engenheiro civil”, “veterinário” e a lista é imensa. O desespero de profissionais que perderam a instabilidade e começaram a trabalhar em aplicativos para poder sobreviver.

Ironias do destino o mesmo aconteceu na área da Educação. Aqueles que se viram desempregado, e deteho o conhecimento ou não de uma língua estrangeira ou mais, lançou-se no mercado como professor. Esse fenômeno é chamado de “Uberização do Ensino” ou “Professores Pandêmicos” (segunda expressão de minha autoria).  São profissionais sem preparo, nenhuma de didática, metodologia e até mesmo desconhecem a gramática de sua própria língua, mas se lançam como profissionais de Idiomas.

EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish